segunda-feira 24 de abril




Kledir Ramil

Kledir Ramil
 
Kledir Ramil nasceu em Pelotas, Rio Grande do Sul, em 1953. Um dos mais brilhantes e populares cantores e compositores do Brasil, Kledir Ramil (consagrado músico da dupla Kleiton e Kledir) também ilumina cada vez mais leitores por meio das suas crônicas de alargar riso, cheias de bossa, cheias de estilo, cheias de sedução. E essa luminosidade do Kledir conquista as pessoas de cara. Com o seu livro de estréia, a coletânea de crônicas Tipo Assim, o autor já desponta como uma das grandes revelações da literatura brasileira. O sucesso do livro foi tanto que Kledir foi convidado para apresentar um programa de crônicas na TV por assinatura (Canal Brasil), no qual lê os seus textos para os telespectadores, e também passou a assinar uma coluna no Jornal Zero Hora, de Porto Alegre. 
 
Com muito humor e muita poesia, textos leves e provocantes, Kledir Ramil conquistou o público e a mídia. Kledir vive mesmo de colar o ouvido no assobio das cenas, nos ruídos do tempo, na trilha dos amores, nos acordes da memória, no tom dos sentimentos, na harmonia das diferenças, na poesia das desavenças. E ele escreve, ´tipo assim´, com um desejo escancarado de embelezar a vida e espalhar música na idéia da gente.
 
Espalhado entre a fantasia e a realidade, Kledir entra na linguagem das gurias, nas comidas que marcam o paladar para sempre, nas guerras da infância e, no extremo da fidelidade: ter sonhos eróticos com a própria esposa. E ele desarruma o pensamento do leitor com um texto cheio de curvas. Na crônica Um breve currículo, por exemplo, o autor se apresenta: “Kledir Ramil – um dos maiores cantores da história da Música Popular Brasileira, com 1,80m de altura (...). Descendente direto de Albert Schweiter, Jean-Paul Sartre e Barão de Itararé, de quem herdou, além do sangue nobre, a capacidade de passar o dia inteiro pensando besteira. Primo irmão de Cameron Diaz, pretende viajar em breve para Los Angeles com a intenção de aproximar os laços familiares e atualizar a árvore genealógica (...). Teve um intenso caso de amor com a atriz Greta Garbo, mas foi tão discreto que nem ela ficou sabendo.”
 
Ao longo dos seus textos, com humor de serenar dia, o escritor gaúcho revela: “Desempenho o cargo de diretor da cooperativa de transportes de filhas adolescentes em saídas de festas e shows no Rio de Janeiro, o que me ocupa as madrugadas. Chefe de torcida do time de futebol do meu guri, tricampeão pré-mirim da Copa Trivella. Gerente do tráfico de erva-mate no território da Barra da Tijuca e arredores.” Nos arredores da palavra, Kledir faz a gente correr para lagartear, feito calango no sol, sem prazo para o prazer, sem pressa de se aquecer.
 
“Seguinte: vocês conheciam o Kledir Ramil cantor, daquela fantástica dupla Kleiton & Kledir. Pois agora vocês vão conhecer o Kledir cronista. E vocês ficarão, como eu fiquei, de queixo caído (...). Porque são notáveis estas crônicas. Elas nos fazem ver o mundo com outros olhos.”
Moacyr Scliar, escritor, da Academia Brasileira de Letras
 
 
 
 
OBRAS
 
Romances
O Pai Invisível – 2006, Objetiva
2006 - O pai invisível
 
 
Contos & Crônicas
Tipo Assim – 2003, RBS
Crônicas para ler na escola (168 págs.) – 2014, Objetiva
2003 - Tipo assim2014 Crônicas para ler na escola
 
Infantil & Juvenil
Viagem a Par ou Ímpar / Il. Victor Tavares (48 págs.) – 2015, Alfaguara
2015 - Viagem a Par ou Ímpar
 

Obras em Destaque

  • imagem

    O Pai Invisível

    Objetiva - 2006 - .


Sobre a Agência Riff
imagem

Inaugurada em 1991, a Riff representa grandes nomes da literatura brasileira e as principais editoras e agências literárias estrangeiras no Brasil e em Portugal. Saiba mais.




2011 Agência Riff todos os direitos reservados - agenciariff@agenciariff.com.br Guilhotina Design